Comentários

    Confira como melhorar os resultados da empresa

    Confira dicas cruciais para melhorar os resultados da sua empresa e aumentar os rendimentos
    By Rafael Franco

    Confira dicas cruciais para melhorar os resultados da sua empresa e aumentar os rendimentos

    Você sabe mensurar a importância de melhorar os resultados da empresa que você administra? Uma empresa sem resultados não consegue pagar seus funcionários, contratar outros e nem oferecer bons produtos e serviços. Mas o fundamental é que os resultados abaixo do esperado não geram lucro — que é, afinal, o principal objetivo de toda organização.

    No post de hoje, apresentaremos dicas cruciais para melhorar os resultados da sua empresa e aumentar os rendimentos. Acompanhe a leitura e identifique as melhores oportunidades para otimizar o desempenho e os números do seu negócio!

    Entenda os principais fatores que afetam os resultados da sua empresa

    Existem três fatores que podem alterar significativamente os resultados da sua empresa. Quer saber quais são eles?

    1. O rumo da macroeconomia: nesse caso, o empresário não pode controlar a situação, e é obrigado a seguir as decisões da política cambial, fiscal, de juros, entre outras;
    2. a situação do ramo ou setor empresarial: aqui o empresário tem alguma possibilidade para alterar o seu posicionamento. Nesse contexto, se encaixam a crise setorial, a concorrência predatória, alteração de legislação ou regulação, entre outros;
    3. as condições peculiares da empresa: para esse caso, o empresário tem mais controle sobre os fatos e pode melhorar as perspectivas, desde que identifique os pontos deficitários e faça as mudanças necessárias.

    Identifique os pontos nos quais os resultados são mais fracos

    Alguns fatores são de inteira responsabilidade do empresário, que precisa estar atento às situações adversas para evitar os resultados insatisfatórios. Entre eles, podemos citar:

    • a má gestão que gera endividamento;
    • a estagnação tecnológica e mercadológica;
    • a aplicação dos recursos de maneira displicente;
    • a má condução dos processos sucessórios;
    • desavenças entre os sócios.

    Compreenda a real importância das pessoas no processo

    Muitas empresas exageram ao dimensionar a importância dos sócios, colaboradores, fornecedores, clientes, representantes e parceiros para o sucesso do negócio.

    Claro que essas pessoas são importantes, mas o problema é a confusão que o lema “pessoas em primeiro lugar” pode criar — uma vez que ele passa a ideia de que a empresa deve abrir diversas concessões e “paparicar” excessivamente as pessoas envolvidas no processo.

    Na verdade, o que precisa acontecer é uma relação de troca — uma parceria que seja boa tanto para as pessoas quanto para empresa. Se, por um lado, a empresa deve oferecer formas de auxiliar o trabalho do vendedor, este também precisa se esforçar para vender mais e retribuir com resultados satisfatórios.

    Saiba dosar os benefícios oferecidos para cada pessoa importante para sua empresa, mas também tenha firmeza na hora de cobrar a contrapartida almejada.

    Contrate funcionários e lidere-os rumo ao desempenho excelente

    O empresário precisa saber fazer o processo de recrutamento, análise e escolha dos melhores profissionais disponíveis para cada tipo de vaga a ser preenchida na sua empresa. Selecione cada profissional a dedo: colaboradores alinhados à cultura e aos objetivos da empresa são a base para a construção de um futuro bem-sucedido.

    Lidere os funcionários contratados de maneira firme e motivadora. Procure ser a fonte de inspiração para as transformações que farão a diferença no sucesso do seu negócio.

    Invista na capacitação de seus colaboradores

    Quando falamos em educação e treinamento, é preciso ressaltar que eles devem ser focados em conhecimento técnico. Este tipo de aprendizado também pode ser adquirido por meio da experiência no cargo ou com o auxílio de algum expert no assunto.

    Se a sua empresa precisa de melhorias em algum setor, identifique qual o conhecimento necessário e procure disponibilizá-lo a seus colaboradores.

    O ponto primordial é que a sua organização precisa ter uma padronização perfeita. E isso só é alcançado por meio dos conhecimentos disponibilizados que, por consequência, tendem a reter os funcionários por mais tempo.

    Premie a equipe de vendas e seus funcionários

    Estabeleça metas e objetivos, oferecendo prêmios e bonificações para aqueles que alcançarem os resultados pretendidos. Tenha em mente que toda premiação deve acontecer de maneira ética e baseada na meritocracia. Essa é a chave para conseguir profissionais engajados e extremamente motivados, que garantirão o futuro de sua empresa e os resultados extraordinários.

    Demita os profissionais despreparados, quando necessário

    Nas grandes empresas, passam muitos funcionários. Alguns dedicam-se aos projetos — vestem a camisa da empresa — e devem ser promovidos e recompensados.

    Por outro lado, temos aqueles funcionários que apenas obedecem a ordens e ficam esperando a hora de ir para casa. Fique atento e saiba que esse tipo de colaborador não trará os resultados que você almeja e nem apresentará novas soluções para os seus projetos.

    Por mais difícil que possa parecer, é necessário eliminá-los do seu quadro de funcionários quanto antes, já que eles representam um alto custo para a organização sem um retorno satisfatório — não somente pelo salário pago, mas também pelas perdas ocasionadas no decorrer dos anos — e podem contaminar toda equipe, comprometendo os resultados que você busca para a sua empresa.

    Tenha humildade para aprender

    Muitos empresários se fecham para o aprendizado por acreditar que já sabem tudo o que é necessário para gerir o seu negócio.

    Tenha humildade e saiba que quanto mais conhecimento você tiver, mais insights podem surgir para melhorar os resultados da empresa. Invista tempo e dinheiro no seu aprendizado: ele é um ativo para gerar ótimos resultados, dar confiança para tomada de decisões e aumentar os seus lucros!

    Faça uma correta gestão de custos para formação de preços

    Muitas empresas têm um alto faturamento, porém o lucro é baixo. Para evitar esse erro, tenha um total controle de suas finanças. Coloque na ponta do lápis todos os gastos com insumos, funcionários, tributação e outras despesas que podem impactar a precificação de seu produto ou serviço.

    Preços muito altos podem dificultar as vendas e aumentar os seus estoques. Por outro lado, trabalhar no vermelho devido aos preços abaixo do necessário para suprir as suas despesas também não é saudável financeiramente.

    Definir o preço corretamente é fundamental para gerar lucro e ter um produto competitivo no mercado.

    Tenha um bom controle de caixa e saiba separar as finanças

    Atue nos custos e zele pelo seu caixa. Aplique metodologias para controlar a compra de insumos, investimentos, pagamentos de prestações de serviços, salários e remunerações. As retiradas dos sócios devem ocorrer somente sobre o lucro, ou por meio de um pró-labore condizente com os resultados individuais.

    Um controle total de suas finanças é fundamental para dar segurança na tomada de decisões que possam reduzir os gastos onde é preciso.

    Além disso, nunca misture o dinheiro da empresa com a sua conta pessoal. Todo o dinheiro do negócio deve circular exclusivamente no negócio, e não deve ser retirado para cobrir os seus gastos pessoais. E o inverso também é válido: nunca tire dinheiro de suas contas próprias para pagar despesas da empresa.

    Mesmo que pareça que esse dinheiro não vai fazer falta, ou que pode ser reposto futuramente, é muito importante reconhecer que o descontrole é capaz de comprometer a noção exata sobre o montante de capital que está no negócio — o que, em um cenário mais desastroso, poderá prejudicar as finanças e levar a empresa à falência!

    Evite os gastos desnecessários

    Localize e elimine os “furos” no orçamento que estão fazendo a sua empresa desperdiçar dinheiro. Os pequenos gastos podem dar a impressão de que não vão fazer falta no orçamento, mas, no final das contas, eles te ajudam a economizar.

    Compras que excedem o necessário, pagamento de contas que poderiam ser cortadas e o desperdício de recursos são exemplos de gastos que você pode pagar sem perceber, mas que quando eliminados podem promover o bom funcionamento do seu negócio e ainda permitir o investimento do valor economizado em melhorias para a empresa.

    Mantenha os investimentos importantes

    Identifique quais são os investimentos mais importantes para a geração de lucros em seus negócios e mantenha o orçamento independentemente do cenário econômico.

    Talvez seja necessária uma redução ou adaptação desses investimentos de acordo com o momento que a empresa vive, mas eles nunca devem ser cortados.

    Um erro muito comum, cometido por empresários em períodos de crise, é cortar a verba da publicidade e o do marketing. Ao tomar essa decisão, a empresa perde em visibilidade e, consequentemente, o faturamento tende a cair.

    Analise minuciosamente onde cada centavo é gasto para fazer os cortes certos, sem correr o risco de prejudicar a sua empresa.

    Dê a devida importância ao marketing de conteúdo

    Consumidores no passado eram muito influenciados pela publicidade: se uma pessoa queria comprar um carro, por exemplo, ela assistiria aos comerciais de TV ou leria o jornal para se informar sobre os melhores modelos.

    Assim, haviam empresas que criavam anúncios para um determinado tipo de público e gastavam bastante dinheiro para veiculá-los nos intervalos de algum programa de TV voltado para uma audiência similar.

    Hoje, a publicidade tradicional já não exerce tamanha influência: quando uma pessoa pretende comprar um carro, ela tende a fazer pesquisas na internet, acessando blogs e redes sociais em busca da opinião de consumidores, especialistas e pessoas próximas. Pense o quanto é comum ver os seus amigos pedindo opiniões no Facebook ou Twitter sobre algo que planejam comprar.

    As empresas atualizadas investem na criação de algum tipo de conteúdo — um vídeo, por exemplo — e conseguem anunciar de maneira segmentada nas redes sociais ou nos buscadores. Isso permite atingir em cheio a audiência desejada, com menores gastos e um retorno sobre o investimento (ROI) muito maior.

    O empresário precisa ter o pensamento alinhado a essa nova tendência e deve entender que a geração de conteúdo de valor é a maneira de conseguir falar com seus clientes e melhorar os resultados da empresa.

    Saiba conversar por meio de novos canais

    No passado, as pessoas consumiam informação por revistas, rádio, televisão e outros meios tradicionais. Hoje, o consumo é feito por meio de uma enorme variedade de dispositivos digitais. Essa nova forma de interagir com as informações mudou também a forma com que a empresa deve interagir com os indivíduos.

    Há cerca de dez anos, quando o consumidor tinha problemas com uma empresa, ele precisava entrar em contato com um call center ou ligar para um setor específico. Atualmente, o público tende a expor seu relacionamento com as organizações nas redes sociais: seja para o bem (elogios e recomendações) ou seja para o mal (críticas e reclamações).

    Desenvolva um aplicativo para o seu negócio

    As pessoas passam cada vez mais tempo olhando para o celular, seja checando e-mails, acessando redes sociais ou navegando pela internet. Seguindo essa tendência, ter um aplicativo para sua empresa pode ser uma grande oportunidade para aumentar as vendas para esses consumidores online.

    Invista em um aplicativo corporativo que leve em consideração a experiência do usuário e evite erros comuns que determinam o fracasso de vários projetos de “apps”.

    Busque apoio de profissionais da área jurídica e contábil

    As exigências tributárias da legislação brasileira são muito complexas. Por isso, é fundamental que o empresário esteja bem assessorado na área jurídica e contábil para evitar desperdício de dinheiro, tempo e dores de cabeça.

    Com o respaldo de bons advogados e contadores, o empreendedor se fortalece e pode se dedicar à criação de novos produtos e serviços que estejam de acordo com as leis.

    Melhore a logística da sua empresa

    Acompanhe de perto a logística de sua empresa e esteja atento a todos os processos. Avalie as condições de trabalho dos funcionários e a manutenção dos equipamentos. Sempre que possível, invista em inovação tecnológica para otimizar a gestão da logística e controlar os seus estoques.

    Uma entrega rápida pode trazer indicações e melhorar os resultados da empresa!

    Faça um bom plano de negócio

    Cerca de 70% das empresas no país fecham no primeiro ou segundo ano devido à falta de planejamento.

    Se você tem pouco conhecimento do ramo em que está atuando, saiba que é extremamente importante fazer um bom planejamento para ter resultados melhores e evitar entrar nessa dura estatística apontada acima.

    Procure conhecer profundamente o seu mercado de atuação, identificar oportunidades com os fornecedores, analisar seus produtos ou serviços e entender quais são as necessidades dos seus clientes.

    Busque a excelência e a satisfação do seu cliente

    Para alcançar a excelência e uma total satisfação de seus clientes, é importante analisar e acompanhar todos os processos de sua empresa, do início ao fim.

    Acompanhe o produto desde a sua entrega pelo fornecedor, analisando cuidadosamente a sua qualidade, inspecione o local onde ele será armazenado e avalie como ele está sendo oferecido aos clientes pelo vendedor.

    Essa prática pode parecer simples e até um tanto óbvia, porém muitos empresários acabam deixando-a de lado devido aos compromissos e obrigações no dia a dia da empresa.

    Lembre-se sempre da importância de garantir 100% de satisfação dos seus clientes e, consequentemente, a fidelização do maior número possível de consumidores para aumentar as suas vendas. Uma empresa não é nada sem clientes satisfeitos!

    Crie processos para melhorar os seus produtos ou serviços

    Uma ótima estratégia para entregar sempre produtos e entregar serviços de boa qualidade para os seus clientes é: criar, medir, melhorar.

    Elabore processos com o objetivo de entregar qualidade para seus consumidores. Feito isso, o próximo passo é mensurar os resultados com base em pesquisas e relatórios.

    Almeje o aprendizado constante e melhorias contínuas por meio deste ciclo. A busca pela perfeição deve se tornar um hábito, a fim de conquistar clientes fiéis e aumentar os lucros com suas indicações.

    Mantenha o foco e defina suas metas de desempenho

    Não importa se a economia vai bem ou se o mercado está em baixa: em qualquer cenário o empresário deve definir metas de desempenho e procurar melhorar os resultados.

    Além disso, tentar oferecer produtos ou serviços que não são a sua especialidade é um erro cometido por um grande número de empresas. Foque no seu melhor e concentre-se em cumprir a promessa central da empresa, entregando valor real para seus consumidores.

    Faça uma análise profunda da sua empresa

    Identifique quais são os produtos, serviços ou ações que geram mais resultados para a sua empresa. Estudos indicam que 80% dos lucros são gerados por 20% das nossas ações. Encontre esses 20% e esforce-se para potencializá-los ao máximo.

    Por outro lado, elimine tudo que não traz resultados e acabam por tomar tempo e por comprometer a produtividade de seus colaboradores e de toda empresa.

    Agora, vamos levantar algumas questões importantes para você refletir e debater com toda a sua equipe. Responda cada uma dessas perguntas e certifique-se de que todos da empresa estejam alinhados a elas.

    • Quais são os mercados de atuação da sua empresa?
    • Quais são os serviços prestados ou os produtos existentes?
    • Como as linhas de produtos se posicionam dentro do portfólio?
    • Quais estão trazendo os maiores lucros?
    • Quais estão trazendo poucos lucros?
    • Quais são mais suscetíveis às oscilações do mercado?
    • Quais podem se aproveitar da força da empresa para ter crescimento?
    • Toda a equipe está alinhada?
    • Toda a equipe conhece as estratégias da empresa?
    • Toda a equipe conhece o portfólio de produtos e serviços da empresa?

    Procure respostas para as questões acima: elas são a base para criar ou aprimorar a estratégia da sua empresa. Caso seja necessário, faça diversas reuniões com toda a equipe para debater minuciosamente cada um dos tópicos.

    Faça uma gestão financeira adequada

    A gestão financeira envolve um conjunto de procedimentos e ações administrativas que contemplam o controle e a análise das atividades da empresa e o seu planejamento.

    O objetivo é aumentar o valor patrimonial e melhorar os resultados por meio da geração de lucro proveniente das atividades operacionais.

    É fundamental que o empresário tenha informações corretas sobre o valor dos estoques, das mercadorias, o saldo do caixa, o valor das contas a pagar e a receber e o volume das despesas fixas e financeiras.

    Outro ponto crucial para uma boa gestão financeira é uma correta análise de índices para saber quais decisões tomar.

    Invista em tecnologia e aumente a rentabilidade da sua empresa

    Para ampliar a rentabilidade de um negócio e melhorar os resultados da empresa, existem apenas dois caminhos: reduzir os gastos ou aumentar as vendas.

    Isso pode parecer meio óbvio, mas é uma tarefa difícil para muitos empresários. Para auxiliá-lo nessas e outras questões, considere a adoção de um sistema de gestão mais eficiente para o seu negócio.

    A tecnologia permite realizar tarefas automatizados por meio de softwares que reduzem vertiginosamente o desperdício de tempo em comparação às rotinas executadas manualmente. Outro fator importante é que é tecnologia é capaz de executar os processos automaticamente de maneira muito mais eficaz e competente.

    Tenha a tecnologia como aliada para otimizar o desempenho das tarefas e processos de produção e melhorar os resultados da empresa!

    Entenda os benefícios de adotar um sistema de gestão financeira eficiente

    Quanto mais gerenciados forem os processos, maior será o potencial para melhorar os resultados da empresa.

    Um bom sistema de gestão financeira permite mapear, analisar e melhorar continuamente os processos com a finalidade de maximizar a produtividade e alcançar o melhor desempenho.

    A gestão de processos realizada por meio de um sistema permite:

    • diminuição dos custos;
    • redução nos ciclos dos processos produtivos;
    • melhoria da eficácia e eficiência interna;
    • mais facilidade na gestão dos indicadores de desempenho;
    • aumento na qualidade do trabalho desenvolvido;
    • mais satisfação dos clientes, funcionários e investidores;
    • implementação da estratégia organizacional para determinar como produtos e serviços são criados na empresa;
    • identificar problemas e processos ineficientes;
    • concentrar o foco exclusivamente no trabalho!

    Dê preferência a projetos customizados para o seu negócio

    Quando você for escolher o sistema de gestão para o seu negócio, opte por aqueles que se baseiam em uma metodologia de trabalho fortemente estruturada. Fuja de sistemas engessados: prefira projetos customizados com atenção aos detalhes da sua empresa.

    A tecnologia de um sistema de gestão pode servir como um propulsor da eficiência e dos resultados de sua organização, apresentando soluções de maneira simples e adaptada às necessidades do seu negócio!

    Gostou de conhecer as várias maneiras de melhorar os resultados da sua empresa? Então assine a nossa newsletter e receba outras dicas e conteúdos para gerir o seu negócio de maneira ainda mais eficiente!

    Categorias:
      Mercado  
    esse post foi compartilhado 0 vezes
     000
    Sobre

     Rafael Franco

      (69 posts)

    Rafael Franco é fundador da Alphacode, programador, especialista em TI com mais de 15 anos de mercado, apaixonado pela tecnologia e como ela pode influenciar nossas vidas.