Comentários

    Vai contratar funcionários? Confira 9 dicas infalíveis para acertar

    Confira dicas incríveis para acertar nas contratações e conseguir obter o máximo de sucesso para a sua empresa
    By Rafael Franco

    Confira dicas incríveis para acertar nas contratações e conseguir obter o máximo de sucesso para a sua empresa


    Contratar funcionários é algo comum nas empresas, mas não pense que a tarefa é fácil. Mesmo com um RH qualificado e preparado para recrutar os melhores talentos do mercado, é preciso bastante atenção.

    Isso porque a contratação é sequenciada por uma série de outras ações como treinamento, adaptação ao ambiente de trabalho e desenvolvimento. Por esse motivo, é preciso ter cuidado antes, durante e depois do processo de seleção.

    No artigo de hoje daremos algumas dicas incríveis para acertar e conseguir obter o máximo de sucesso para a sua empresa. Você verá como algumas atitudes simples e um planejamento adequado o ajudarão nesse momento. Continue a leitura para saber mais!

    1. Defina o perfil que deseja para a vaga

    O primeiro passo para contratar funcionários deve ser o planejamento. Por isso, coloque no papel todas as características, habilidades e competências que o futuro funcionário deve ter.

    Como isso o ajudará? No momento de recolher os currículos já será possível fazer uma pré-seleção de quem deve ir para as próximas fases. No entanto, lembre-se de não se prender em estereótipos — contratar funcionários só pelo fato de eles terem estudado em uma faculdade de ponta não garante que eles serão a melhor opção para o seu negócio.

    2. Conheça os pontos fracos e fortes da sua empresa

    Ainda no planejamento é importante enumerar quais são os pontos fracos e os fortes da sua empresa. Isso o ajudará a ter uma visão mais ampla sobre o seu negócio e procurar pelo candidato que vai somar.

    Sim, de nada adianta contratar uma pessoa supercapacitada, se já existem outras 10 no mesmo departamento que possuem as mesmas habilidades. É preciso ter um olhar crítico e procurar por alguém que vá trazer inovação e acrescentar o que está faltando ao empreendimento.

    3. Estruture a dinâmica de seleção

    Não tem como fugir dessa regra. Estruturar o programa de seleção, desde a divulgação da vaga até a finalização do processo, é essencial para garantir o sucesso dele.

    Por isso, conte com os recrutadores nesses momentos, eles melhor do que ninguém saberão como avaliar os candidatos. Dinâmicas de grupos, desafios, entrevistas coletivas e individuais, testes de competências e raciocínio são algumas das ferramentas que poderão ser usadas no processo seletivo.

    4. Escolha os lugares certos de divulgação

    Onde o seu candidato ideal está? Então, é lá que você deve divulgar a sua vaga de trabalho. Se você deseja auxílio de uma empresa que realize recrutamento, vale a pena investir no site dela. Existem algumas que fazem seleções personalizadas, de acordo com a demanda do cliente e análise de dados avançada.

    O LinkedIn também é uma ótima ferramenta e rede social para buscar profissionais de ponta. Por isso, não negligencie o seu uso. Você pode divulgar as suas vagas diretamente na página da sua empresa (que ainda ajudará o candidato a conhecer mais sobre a companhia) ou mesmo em grupos específicos. No entanto, é preciso contar com recrutadores com olhar apurado para ajudá-lo.

    5. Faça uma apresentação da empresa

    Em um primeiro momento, você deve fazer uma apresentação da empresa, deixando bem claro já no início o que ela espera do candidato. A introdução ainda deve contar com uma explicação institucional, apresentação da missão, visão e dos valores e posicionamento de mercado.

    Não deixe de falar sobre a vaga, as funções que serão desempenhadas, os desafios propostos por ela, plano de carreira, entre outros. Mas lembre-se de que nesse momento ainda não é adequado falar sobre salários, jornada de trabalho, deixei isso para um segundo momento. A entrevista, por exemplo, é perfeita para discutir isso.

    6. Atente-se para a entrevista

    Depois de selecionar os melhores currículos, é hora de entrevistar os candidatos. No entanto, é preciso fazer uma preparação para que tudo flua de maneira natural e você obtenha as informações desejadas por meio dessa conversa.

    Lembre-se sempre de ouvir mais e falar menos. Isso é importante para que você conheça o candidato mais a fundo. Ficar interrompendo-o a todo o momento pode deixá-lo desconcentrado e prejudicar a avaliação como um todo.

    Não se esqueça de deixar claro o que a empresa busca em um profissional. Fale de desafios, obrigações e tarefas. Se for possível apresente uma situação-problema fictícia, que o departamento no qual ele poderá conseguir a vaga pode passar. Isso, com certeza, o surpreenderá (de maneira positiva ou não) e dará melhores insights a você.

    7. Identifique competências

    A hora da entrevista deve ser uma conversa mais informal, mas isso não exime o seu principal objetivo: identificar competências do candidato. Pergunte a ele sobre as características pessoais e profissionais. A partir disso, você poderá fazer uma análise psicológica sobre o que é ou não verdade.

    Não deixe de questioná-lo sobre as expectativas que ele tem em relação ao cargo e à empresa. Pergunte também sobre os planos futuros, observe se eles estão de acordo com o que você procura.

    8. Cheque a veracidade das informações do currículo

    Essa é uma dica muito valiosa para quem deseja preencher a vaga da maneira certa. Portanto, cheque as informações do currículo e veja se elas são verdadeiras ou foram aumentadas.

    Muitos candidatos aumentam o nível de fluência em uma língua e isso pode ser prejudicial para você no futuro, principalmente, se o seu negócio mantém relações internacionais. Por essa razão, faça uma pergunta na língua exigida para o cargo ou peça para que ele fale sobre as experiências em outra empresa.

    9. Use sempre a razão na hora de contratar funcionários

    É fundamental ser racional no momento de contratação. De nada adianta simpatizar muito com o candidato, se as habilidades dele não correspondem às expectativas da empresa. No entanto, não deixe de valorizar habilidades interpessoais que ele possui, isso será fundamental para que ele trabalhe com excelência em grupo.

    Assegure-se de ambas as características (profissionais e pessoais), assim, você aumenta as chances de escolher o candidato ideal. Não se esqueça de que após a contratação é preciso inserir o novo funcionário no ambiente de trabalho, promovendo a integração, e investir no seu desenvolvimento por meio de cursos, capacitações e bolsas.

    Esperamos que as nossas dicas o ajudem a contratar funcionários de maneira mais eficaz. Que tal agora nos seguir nas redes sociais e conferir mais artigos como esse? Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter!

    Categorias:
      Mercado  
    esse post foi compartilhado 0 vezes
     000
    Sobre

     Rafael Franco

      (58 posts)

    Rafael Franco é fundador da Alphacode, programador, especialista em TI com mais de 15 anos de mercado, apaixonado pela tecnologia e como ela pode influenciar nossas vidas.